quinta-feira, 7 de março de 2013

3.º Fórum do Mar com 2020 no horizonte

O mar no quadro comunitário de apoio 2014/2020. É esta a bússola do 3.º Fórum do Mar, evento agregador dos agentes económicos e da comunidade científica nacional relacionados com o setor, que se realizará na Exponor, em Matosinhos, entre 29 e 31 de Maio.
A organização volta a ser partilhada pelas associações Empresarial de Portugal (AEP) e Oceano XXI – Cluster para o Conhecimento e Economia do Mar, que acabam de renovar o protocolo de cooperação que estabeleceram em 2011. “Desafios do mar 2020” é o tema do evento, de cujo programa constam uma mostra de produtos, serviços e tecnologias marítimos, encontros de negócios e conferências sobre assuntos relacionados com o mar.
Neles participarão especialistas nacionais e estrangeiros, decisores políticos, dirigentes associativos, empresários e gestores, académicos e investigadores, responsáveis da Armada e estudiosos interessados pelas dimensões económica, científica e ambiental de um recurso que os responsáveis das associações promotoras valorizam como estratégico para o país. Portugal como uma nova centralidade mundial na área dos transportes e da logística, pelas evoluções das grandes rotas marítimas do comércio internacional, será um dos tópicos incontornáveis dos debates a encetar.
Na assinatura do acordo de cooperação, subscrito pelos presidentes da AEP e da Oceano XXI, foram realçados os proveitosos resultados conseguidos pela parceria com as primeiras duas edições. Hoje, o Fórum do Mar é já um evento com âncora certa na agenda da comunidade marítima nacional e as duas instituições estão empenhadas em colocar o mar no topo das prioridades nacionais e europeias durante o próximo quadro comunitário 2014/2020.
Na oportunidade, José Ribau Esteves, presidente da Oceano XXI, adiantou que “o mar constitui um activo que pode ajudar Portugal a sair mais rapidamente da crise, gerando riqueza e criando emprego”. Para isso, acrescentou, importa definir e levar à prática uma estratégia que resulte do contributo dos diferentes ‘players’ que trabalham nas áreas do conhecimento e da economia do mar tendo 2020 no horizonte.

Neste quadro, a associação liderada pelo também presidente da Câmara Municipal de Ílhavo e da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro aproveitará o evento de Maio para reunir os ‘clusters’ do mar da fachada atlântica europeia. A ideia, adiantou Ribau Esteves, é articular propostas e aprofundar a colaboração entre os sete ‘clusters’ que se farão representar no Fórum do Mar.
“As autoridades europeias têm o orçamento plurianual da União em cima da mesa e só teremos a ganhar em cooperar, harmonizando propostas e estratégias, no quadro da rede europeia de ‘clusters’ marítimos, tendentes à valorização da fachada atlântica. Temos que trabalhar em conjunto para influenciar políticas e aumentar a nossa capacidade de ‘lobbying’”, justificou.
Por seu lado, a AEP propõe-se despertar os participantes para os desafios que colocará, no quadro 2014/2020, a nova macrorregião das Regiões do Sudoeste Europeu (RESOE), que arrancou com o Norte de Portugal, Galiza e Castela Leão, mas que, por razões de escala, se deverá alargar a regiões como o Centro de Portugal, a Cantábria, as Astúrias, a Aquitânia, Poitou-Charentes, o Loire, a Bretanha, a Baixa Normandia e o Sul da Irlanda. “Na Europa do futuro, Portugal e Espanha vão ter forte concorrência no acesso aos fundos estruturais da UE e só com uma grande região, que corresponda a quase todo o arco atlântico, o mar pode voltar a conferir ao nosso país o mesmo protagonismo de há 500 anos”, sustentou José António Barros, presidente da AEP.
Para além de conferências e ‘workshops’, o Fórum do Mar 2013 voltará a abranger uma feira de negócios e a organização de uma missão de compradores internacionais interessados na oferta portuguesa nesta área, como nas edições anteriores.
Mais informações em www.forumdomar.exponor.pt.

Direcção de Marketing e Comunicação da AEP

------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2013 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Muito Obrigado por comentar!