domingo, 27 de novembro de 2011

F484 - NRP "Augusto de Castilho" entra em Aveiro, pela última vez...

Num golpe de sorte, estive na hora certa no momento certo, munido da minha sempre fiel máquina fotográfica.

Depois de fotografar uns belos bacalhoeiros, decidi passar no Forte para ver os navios atracados no Terminal Norte. Ora, quando me preparava para voltar para casa, reparei que por detrás do farol, em posição de entrada, notavam-se uns mastros que denunciavam um navio diferente. Reparei também que este parecia rebocado, o que só por si, também me pareceu estranho. Esperei.

A silhueta assemelhava-se bastante a um navio de guerra, e à medida que se aproximava, a certeza de que seria uma corveta da classe Baptista de Andrade aumentava. Não podia estar mais errado. O número de amura não me soava a nada conhecido, pois nem todos se podem gabar de conhecer um navio só por este identificativo, contudo estive quase lá perto.



A NRP "Augusto de Castilho" da classe João Coutinho, (projecto "pai" da classe Baptista de Andrade), cuja sua construção foi realizada sob um projecto de concepção nacional de 1965, da autoria do Contra-Almirante Engenheiro Construtor Naval Rogério d'Oliveira (Direcção das Construções Navais). Este projecto teve a colaboração dos estaleiros alemães "Blohm & Voss" no que concerne a estudos de pormenor e estabilidade, foram a 1.ª série de um programa de 16 corvetas, cuja 3.ª série não se chegou construir. O projecto foi utilizado posteriormente como base para as corvetas das classes "Descubierta" da Marinha de Guerra Espanhola, Egípcia e Marroquina, "Meko 140" da Marinha de Guerra Argentina e inspirou os avisos da classe "A69" da Marinha de Guerra Francesa, Argentina e Turca.

O casco é inteiramente soldado e de estrutura longitudinal, a superestrutura é de alumínio e de estrutura transversal.

Os três primeiros navios foram construídos nos Estaleiros "Blohm & Voss", em Hamburgo - Alemanha, e os restantes três, no qual se insere a NRP "Augusto de Castilho", nos Estaleiros Navais de "Bazán" (actual Navantia), em Cartagena - Espanha.



Esta corveta encontra-se fora do activo desde 2003, e aguardava por este dia na Base Naval de Lisboa.

A NRP "Augusto de Castilho" juntamente com a NRP "Honório Barreto", foram compradas recentemente pela empresa RAPLUS, de que é sócio Manuel Godinho, principal arguido do processo "Face Oculta". A empresa comprou no dia 22 de Novembro as duas corvetas à Marinha por 1,6 milhões de euros, destinando-se ambas a desmantelamento para a sucata, segundo apurou o jornal Expresso.



Os rebocadores de serviço eram - à proa o "Peneda" da Rebosado, e à popa o "Mercúrio" da Tinita.



Para quem fez parte da guarnição deste grande navio, certamente será um dia triste e de recordações. Este já lá vai.

Cumpridas as suas missões, este é, e sempre será o destino destes grandes cruzadores dos mares. Despedimo-nos deste, e damos as boas-vindas aos novos patrulhas da classe "Viana da Castelo" que teimam em demorar para entrar ao efectivo.

Referências:

Como sempre, toda a informação relativa aos assuntos militares é retirada do blog BARCO À VISTA:

Notícias do Expresso:

Marinha: Empresa do sucateiro Manuel Godinho comprou corvetas para desmantelar por 1,6 ME:

Godinho compra corvetas à Marinha por €1,6 milhões:

Espero que tenham gostado.

Até à próxima!


------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

20 comentários:

  1. Muito bom. Excelente nível de informação.

    Saúde, boas fotos e boas navegações.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom Tiago! Ainda bem que as apanhaste, pois daqui a dias procurava-as sem saber onde andavam.
    ABC
    Ricardo

    ResponderEliminar
  3. Um final sempre triste...

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado a todos pelos comentários!

    Ricardo, os navios fogem-te daí e nem te apercebes! Mas tb te digo, este quase que entrava sem que eu o fotografasse. Ao menos tenho sorte em estar no local certo na hora certa. Certamente faltam agora a outra tb. Põem-te à espreita aí.

    ResponderEliminar
  5. Tiago chama-se Vida o facto deles fugirem e eu nem me aperceber. O pior é quando sei que isso vai acontecer e não posso lá estar. Essas vezes é pior. ABC

    ResponderEliminar
  6. Fiz parte da guarnicao deste navio e vivi muitas aventuras com ele, et visto que era CM abordo, posso dizer que o conhecia como as minhas maos, grandes recordacoes e momentos. obrigado

    ResponderEliminar
  7. Fiz parte da guarnição deste Navio 88/89.
    Olhar para esta foto,dá tristeza,saber que vai ser abatido faz com que as recordações aumentem.
    A Saudade daquela época é Grande.
    Grandes aventuras tivemos neste Navio em viagens Guiné,Canarias,Madeira Etc.
    Um Grande Abraço para a guarnição da altura em especial á classe de electricistas e CM.
    1º GR E Viana Nª110988.
    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Viana

      É de facto com tristeza e com nostalgia que se vê desaparecer este glorioso navio.
      Com a ajuda das novas tecnologias acaba mesmo assim por "reunir" e "cruzar" muitos dos que por lá passaram.

      Um grande abraço para ti e para toda a guarnição dessa epoca, extensivo a todas a guarnições deste navio.

      Jorge Lamy, ex 1º mar A ( jorge.lamy@sapo.pt)

      Eliminar
    2. Mais uma vez, que pena ter acontecido isto, pois foi nossa casa cerca de Ano e meio, e deixamos lá muitas histórias, por isso também foi um bocado de nós que se foi. Um Bom ano para todos em especial para Ti Jorge.

      Pedro Galocha-Gr A

      Eliminar
    3. Um grande abarço Viana do camarada Ramos 1º GR M
      Tambem fui à Guiné tal como tu, que saudades desse tempo!!!

      Eliminar
  8. Os navios são como nós: NASCEM, VIVEM E MORREM! Embarquei na Castilho entre 1980-1982, como Mar. L. Ainda hoje guardo gratas recordações e muitos AMIGOS desses tempos, ou não fossem os navios uma escola de virtudes! Para os "civís" que criticam tanto os militares... esses nunca tiveram nem nunca terão o previlégio de viver esse ambiente, que nos tornou homens muito mais fortes e mais preparados para a vida. Não sabia que a Castilho tinha feito a sua última "navegação" até à bonita cidade de Aveiro, onde, por acaso,estive recentemente, para ser desmantelada! Fiquei triste, mas a vida é isto mesmo....
    Um Abraço muito grande a todos os "FILHOS DA ESCOLA" e, em especial ao pessoal da minha guarnição (80/82) Ao Mar. A Almeida,creio que natural de Almeida, ao Mar. M Pinto de Felgueiras, ao Mar. A Manel da Guarda,ao Mar. T Alvarim de Braga, que muitas horas de leme fizeram por mim quando estava enjoado, um abraço muito grande ao Mar. CM Jorge "o nosso escurinho", que me levava uma sopinha à cama e perdoem-me todos os outros de não os inumerar aqui.
    O nosso mascote o cão de àgua AÇOR, um verdadeiro lobo do mar!
    A Marinha..... sempre a Marinha presente na nossa vida, eternamente.

    Um Grande Abraço Do
    Na altura Mar. L Paulo, hoje SAJ L na reserva, de Santarém.
    Se por acaso algum camarada dessa guarnição ler estas linhas pode contactar-me. Será para mim um enorme prazer.
    e-mail: apaulo58@hotmail.com
    telem: 965863362

    ResponderEliminar
  9. este navio fes-me homen do mar ; graças a ele enfrentei os desafios da vida
    todas as recordações são do serviço á costa, e do terrivel mar dos açores em 1976, não mais o esquecerei.
    macedo 485/75

    ResponderEliminar
  10. Meus senhores, como entusiasta nautico, gostaria de visitar e fotografar este navio em concreto. Aonde puderei encontra-lo???

    ResponderEliminar
  11. Já não poderá, pois foi totalmente desmantelada no antigos estaleiros de S. Jacinto.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  12. TAMBEM EU FIZ PARTE DA GUARNIÇÃO DESTE NAVIO 89/90 1º GRMT CM CARVALHO DE AMARANTE, SAUDADES DESSE TEMPO ABRAÇO PARA O LAMY O VIANA O GALOCHA.
    MEU CONTACTO : CARLUTI007@GMAIL.COM

    ResponderEliminar
  13. bom dia. no dia 21 deste mês ira realizar um almoço de convívio entre guarnições do NRP "Augusto Castilho" se alguém estiver interessado, contacto-nos através da pagina facebook N.R.P. "Augusto Castilho" cumprimentos.

    ResponderEliminar
  14. tambem fiz parte da guarniçao em 1977 e 1978 com uma comicao nos açores de maio a setembro.foi muito bom , um abraço a todos
    fernandogva@gmail.com

    ResponderEliminar

Muito Obrigado por comentar!