quarta-feira, 27 de abril de 2011

Navio Aveirense na Noruega

No dia 11 de Março, o navio "Praia de Santa Cruz" navegou muito próximo do seu companheiro, "Aveirense", ex "Adélia Maria", nos gelados mares da Noruega. Fica então uma fotografia desse momento:



Mais fotografias deste navio, ainda nas cores branco e vermelho:
Espero que tenham gostado e até à próxima!


------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Express Santorini em Aveiro

Para que o mês de Abril, é o mês das novidades.

Neste belo dia, O dia da Liberdade e da Revolução, entrou no Porto de Aveiro o ferry Grego "Express Santorini".

Parece que para além da tróica, também partilhamos com a Grécia ferries, sendo que só a primeira é que é novidade. Não, não será o substituto do "Cale de Aveiro", para as mentes mais divertidas, será, como foi no ano passado, um ferry que assegurará durante a época do Verão as ligações nas Ilhas dos Açores.

Este ano as inspecções do IPTM para certificar o navio, serão feitas aqui em Aveiro e não em Lisboa, como aconteceu em 2010.

Express Santorini

O navio encontra-se atracado, como seria de esperar, no Terminal Norte, próximo do "Fairplayer" e do navio de pesca "França Morte".

Express Santorini

Express Santorini

Express Santorini
Pormenor da belíssima chaminé deste navio.

Express Santorini
O armador do navio é a famosa Hellenic Seaways no entanto será operado pela Atlânticoline.

Express Santorini

À partida dia 1 ou 2 de Maio lá estará ele nos Açores, e de certeza que o amigo Manuel, do blog "O Porto da Graciosa", nos trará mais fotos deste belo ferry.

Informação Técnica:

Ano de Construção: 1974
Indicativo: SXQR
IMO: 7330040
MMSI:
240636000
Estaleiros: Chantiers Dubigeon S.A., France (#137)
Operador: Atlanticoline
Passageiros: 1.436
Comprimento: 115,4 m
Boca: 19,2 m
Calado: 4,19 m
Velocidade: 19,5 nós
Máquina principal: 2x Pielstick 16PC2V400

Site oficial:
The Ferry Site:


Espero que tenham gostado!

Até à próxima.

------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Que pórtico tam grande...

O Terminal Norte do Porto de Aveiro tem dado que falar nestes últimos dias, pois junto à rampa Ro-Ro, ou onde se encontrava o Ilha Azul, está a ser construído um enorme pórtico para carga/descarga de contentores.

Este pórtico esta a ser construído pela Eurocrane, uma empresa Portuguesa dedicada a este tipo de equipamentos de elevação, e que já conta com um vasto historial no ramo.

O Porto de Séte, no sul de França será o feliz destinatário. No entanto, antes que esta pesadíssima estrutura chegue a esse lado de França, muito terá que ser feito, passando pelo transporte por via marítima.

Ao contrário do que se possa pensar, não temos assim tantas opções para este tipo de transporte, sendo que a escolhida foi a holandesa Jumbo Shipping, especialista em "Heavy Lifting", e com uma vasta frota de navios. A título de curiosidade, é das poucas empresas que possui um modelo virtual de um dos seus navios, o Jumbo Javelin, num simulador de navegação o Ship Simulator 2008. Daí o meu espanto quando vi que tinham escolhido um navio da mesma classe para transporte desta estrutura, o navio Fairplayer.

O Fairplayer pertence à classe J1800, com capacidade para elevar até 1800 toneladas, com as suas duas enormes gruas Huisman amarelas com capacidade para 900 toneladas cada.

A visita deste tipo de navios ao nosso porto é extremamente rara, sendo que o SE Panthea, que transporta as pás das eólicas, é dos poucos a cá passar. Por isso, e com a ajuda do amigo Orlando do blog dos Estivadores, consegui algumas fotografias deste raro momento.

O Fairplayer chegou no dia 12 deste mês, no entanto esteve bastante tempo a efectuar testes de estabilidade antes de atracar no local onde se encontra agora:

Fairplayer



Deixo aqui um vídeo do blog dos Estivadores, com a manobra de atracação deste gigante:



navio fairplayer
As duas gruas Huisman.

navio fairplayer

O pórtico propriamente dito:

portico Aveiro
Cerca de 1000 toneladas de metal, prontinhos para deslizarem para mais junto do navio, e serem içados pelas duas gruas do navio.










A placa que nos diz para quem é este gigante pórtico. Porto de Séte, no Sul de França! ui!

Voltando ao Fairplayer, pois afinal isto é um blog de navios e não de gruas ou pórticos, é interessante realçar que este navio dispõe, para manobras, de dois impulsores à proa de 1500kW cada, e um propulsor azimutal retráctil (a meio do navio) de 1700kW, que lhe permite uma manobrabilidade bastante grande, tendo em conta o seu tamanho. Conta ainda com 9000kW de potência das duas máquinas principais, MaK 9M32C, com duas hélices de passo variável. Possui um sistema de posicionamento dinâmico Kongsberg Simrad SDP 21.

Para um navio poder içar este tipo de estruturas, é necessário um grande cuidado em ajustar o lastro do mesmo, para que não hajam desequilíbrios, podendo provocar algum acidente, pois não nos podemos esquecer que as gruas não estão assentes em chão firme. Eventualmente, e dependendo do tipo de carga, o Fairplayer poderá ser equipado com estabilizadores como o que vemos na imagem:



Todo o processo de carga do pórtico será feito muito lentamente, podendo mesmo levar um dia inteiro para que aconteça, e esta operação estará prevista para dia 30, mas não há ainda confirmação.

Informações técnicas sobre o navio:
Ship-Technology:
Blog dos Estivadores:


Por hoje é tudo! Espero voltar com mais notícias e mais fotografias.

Até à próxima!
------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Santa Maria Manuela rumo ao Canadá

Como há já muitos anos não acontecia, o navio Santa Maria Manuela rumou, ontem dia 19 de Abril, em direcção ao Canadá. Terra esta sobejamente conhecida por este Lugre de quatro mastros, dos poucos que resistiram à desenfreada desmaritimização que nos tem atacado.

Será a primeira grande viagem deste navio de vela desde que foi recuperado pela empresa Pascoal. Irá atravessar as geladas àguas do Atlântico rumo a Toronto no Canadá, onde deverá de lá permanecer do dia 10 até ao dia 13 de Maio. Daí irá navegar até a um dos portos que mais importância teve na Faina Maior, São João da Terra Nova.
Deverá de chegar ao porto de St. John's no dia 22 de Maio se o tempo for favorável e tudo correr de feição.

Mais informação pode ser encontrada no site oficial:
Por volta das 16:47h de ontem, o Manuela cruzava-se com o navio tanque Bow Bracaria:



Lentamente lá ia o SMM navegando nestas águas, as águas da Ria de Aveiro, que tantas vezes o conheceu ora carregado de Bacalhau, ora de Saudade e Coragem para enfrentar o que há-de vir.



A acompanhar a saída deste guerreiro, o rebocador "Salinas de Aveiro" observava de perto cada movimento, cada som deste importante pedaço da nossa história.





E lá vai o Santa Maria Manuela, no seu ritmo, rumo a um lugar que tantas vezes visitou religiosamente para cumprir a sua função como navio de pesca.

Gostaria de desejar BOA VIAGEM para toda a tripulação do SMM e que naveguem sempre em segurança!

Até à próxima!

------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Vimieiro

Os blogs têm destas coisas.
Esta semana, o post sobre o "Príncipe do Vouga" recebeu um comentário bastante interessante de Ana Cruz, filha de Joaquim Estevão Gonçalves Pereira piloto de profissão, que infelizmente já não se encontra entre nós. Seu Pai foi piloto neste navio durante uma viagem ao Canadá entre 31-3-1960 e 19-10-1960.

A Ana teve o cuidado de me enviar duas excelentes fotografias do Vimieiro tiradas pelo seu pai durante essa época, e como tal gostaria de lhe deixar o meu especial obrigado por as ter deixado partilhar aqui no "Roda do Leme". Muito obrigado Ana!

O Vimieiro foi construído nos Estaleiros de S. Jacinto (Construção n.º 43) em 1948, para "Armazéns José Luís da Costa". Começou como navio de pesca com dóris, e acabou totalmente transformado num navio de pesca por arrasto chamado "Príncipe do Vouga".

Um resumo da sua história pode ser lida aqui no blog:


Nesta fotografia podemos ver da esquerda para a direita os navios "Capitão Ferreira", "Lousado" e o "Vimieiro" respectivamente, muito provavelmente atracados em São João da "Terra Nova dos Bacalhaus".


Uma fotografia do interior do "Vimieiro".

Mais fotografias virão, e terei todo o gosto em publica-las aqui no blog. É sempre interessante recordar estes tempos da pesca do bacalhau à linha, principalmente em navios construídos por nós, aqui tão perto.

Espero que tenham gostado e até à próxima!


------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.