terça-feira, 22 de junho de 2010

Navio bacalhoeiro Sam Tiago

Graças a um fiel leitor do blog, hoje posso publicar algumas fotografias do antigo bacalhoeiro "Sam Tiago", construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo no ano de 1955.

O navio foi construído para a SNAB, a Sociedade Nacional dos Armadores de Bacalhau, com Sede em Lisboa, e foi inicialmente um navio de pesca à linha.

As fotografias que aqui coloco são da autoria do Hernani, antigo marinheiro a bordo do navio Martereza, isto na altura em que as fotos foram tiradas:





Já agora, uma fotografia do Martereza, ex Rio Alfusqueiro construído nos Estaleiros de S. Jacinto:



Mais informação sobre o navio Sam Tiago no blog Navios à Vista:
Espero que tenham gostado e até à próxima!
------------------------------------------------------------------
Imagens e textos protegidos pelos direitos do autor. Em caso de dúvida contacte-me.
© 2010 por Tiago Neves. Todos os direitos reservados.

12 comentários:

  1. Caro Tiago
    Os navios da pesca à linha do "fiel amigo" pintados de branco, mesmo já no final da campanha com falhas de tinta, devido ao arriar e içar os dories, eram lindos, mas também o navios do arrasto, apesar de pintados de preto, não deixavam de ser menos lindos.
    Saudações maritimo-entusiásticas
    Rui Amaro

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado pelo comentário! É verdade, mas eu continuou a preferir os pintados de branco, tinham outra mística. Este arrastão, apesar de pintado de preto, é bastante bonito, isto porque ainda não tinha a "envergadura" dos arrastões mais modernos, mais altos, e com as super-estruturas muito maiores. Enfim, eram outros tempos!

    Espero que não haja problema por ter colocado o link para o seu blog.

    Cumprimentos!
    Tiago Neves

    ResponderEliminar
  3. Olá Tiago,
    realmente as fotos dos lugres são uma relíquia, eu tenho algumas mas em papel,não sei se sabes que existe em Aveiro uma casa de fotografia que tem um album de fotos antigas, tenho o antigo Ilhavense encalhado em Lisboa :)
    Quanto às fotos do San Tiago nem digo nada, bons tempos :))

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Caro Tiago
    Sobre o Link esteja à vontade, eu é que lhe agradeço.
    O Sam Tiago como todos os navios da SNAB vinha ao rio Douro, por vezes estavam três ou quatro a descarregar ou à espera de lugar para descarga do bacalhau que ia para a seca da SNAB, na povoação de Lavadores, V.N. de Gaia, junto ao Cabedelo da barra.´
    Uma grande parte dos bacalhoeiros de Aveiro e Figueira da Foz vinham ao Douro e Leixões aliviar carga ou aguardar melhor maré nas referidas barras.
    E lá acabaram os navios dos bacalhaus no Douro, Viana do Castelo e Figueira da Foz.
    Saudações maritimo-entusiásticas
    Rui Amaro

    ResponderEliminar
  5. angelociencias@gmail.com4 de janeiro de 2012 às 23:10

    caros... o meu sogro pescou durante alguns anos neste barco...por acaso não têm fotos de pescadores dos anos 7o. era bom se ele pudesse rever velhos companheiros...
    obrigado e excelente blog

    ResponderEliminar
  6. Muito obrigado pela visita! Da minha parte, infelizmente, não tenho fotografias dos pescadores, mas fica aqui a mensagem, e pode ser que alguém as arranje.

    Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  7. ninguem tem fotos do santo andre em actividade? adoraria ver o meu pai viajou nele muitos anos e as fotos q encontro e so as da actualidade em museu e tenho uita curiosidade de ver coo era cumprimentos!

    ResponderEliminar
  8. O Santo André não mudou muito, à parte de lhe terem removido os aparelhos de pesca, entre outras coisas.

    Pode tentar ver aqui nesta página do Facebook se existem fotos do mesmo:

    https://www.facebook.com/profile.php?id=100003020281937

    ResponderEliminar
  9. Olá Tiago, tambem a minha vida foi navios do bacalhau,durante 30 anos, conheci todos os navios da Frota Bacalhoeira portuguesa,ainda sou do tempo dos navios de linha chamados de frota branca,a minha Empresa foi a S N A B,
    Os navios da Sociedade Nacional dos Armadores de Bacalhau, são eles : David Melgueiro, Estevão Gomes, João Martins, Pedro de Barcelos,Alvaro Martins Homem,Invicta,Senhora do Mar,Santiago,Fernandes Labrador,João Corte Real,João Alvares Fagundes,(clássico),Poupas:Luis Ferreira de Carvalho,Elisabth, João Alvares Fagundes e outros de linha como o Oliveirence,Elisabth,Santiágo mias tarde transformado para o arrasto,a SNAB tambem teve barcos da costa,uma traineira, etc;

    Tempos duros mas,tambem de boas recordações.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigado pela visita Augusto! É um prazer poder receber aqui no blog a visita de alguém que acompanhou de perto essa nossa época doirada.

    Espero que goste do blog!

    Cumprimentos,
    Tiago Neves.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigos aqui vos escreve um "velho" de quasi 73 anos que foi ajudante de motorista com 18 anos na ultima viagem que o Samtiago fez como navio à linha onde descarregou no rio Douro e neste momento não posso precisar o ano exato mas foi no inicio da decada de 60,daí segui para os EN de V do Castelo a fim de o mesmo ser transformado em navio arrastão,mas como era jovem acabei por desistir e vim embora dos Estaleiros ao fim de um ou dois meses dessa transformaçao.Muito mais teria para contar desses tempos mas alguns e não são poucos já se foram.Um abraço a todos
      A.Lourenço

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar

Muito Obrigado por comentar!